segunda-feira, março 22, 2004

APELO URGENTE DESAPARECEU DO ESTORIL

O POETA

O Poeta é um cão que vivia no Estoril era tratado por um grupo de pessoas que na impossibilidade de o terem em casa alimentavam-no e vigiavam-no diáriamente.

Preto e branco, de porte grande, pêlo curto, já adulto, na altura do seu desaparecimento tinha uma coleira em tecido com uma etiqueta indicativa do seu nome "Poeta", é bastante meigo.
Sabe-se que foi levado num fim de semana para a o Alentejo por um senhor, que não o trouxe de volta, pedindo assim a uns empregados para o trazerem, eles afirmam que o trouxeram para o Estoril, mas desde esse dia mais ninguém viu o Poeta.
Pedimos a divulgação deste mail, para o maior nº de pessoas, pois o Poeta pode estar algures pelo Alentejo, e não terá forças para regressar ao Estoril.

Se alguém o tiver visto em algum sitio agradeçemos que nos contactem.

Tel 21 468 04 74

Telm 93 394 19 28

arqfilipalaginha@yahoo.com

Obrigada a todos pela divulgação.