segunda-feira, abril 25, 2005

25 de Abril

31 anos! Para quem tem 4 anos menos que a efeméride é difícil imaginar um tempo sem liberdade. Fico muito grata a todos os que sofreram por nós e que se revelaram para que hoje possamos ler o que desejamos, discutir os assuntos que queremos e escolher o credo e os políticos que desejamos. A todos um bem haja!
Por outro lado, espero que a minha geração entenda que a liberdade não é fazermos o que nos apetece mas sim o que devemos. Que a minha liberdade acaba quando começa a dos outros, para que possam ensinar aos seus descendentes para que serve esta liberdade, merecida pelos outros, pelos que lutaram, a ser usufruída por todos nós.