sábado, outubro 22, 2005

O Aborto

Como mulher, não o faria ou, pelo menos, dificilmente o faria. Como mulher não gostaria de ser presa por ter (de tomar) tomado essa decisão. Como mulher envergonha-me ver outras mulheres na televisao dizer que ja fizerm 4 ou 5 como se de uma aspirina se tratasse.

No Séc. XXI já nem sequer deveria ser necessário fazer um aborto (exceptuando mal-formação ou violação), pois a contracepção já deveria chegar a todos sempre e em qualquer altura.

Como mulher entristece-me ver jovens com vidas desfeitas interna - ou exteriormente por terem feito um aborto ou assumido uma gravidez ou por terem contraído uma doença sexualmente transmissível. Para quem ler isto (do sexo feminino), já existe preservativo feminino, podes levá-lo na carteira (um masculino também). A responsabilidade é de todos os envolvidos.

Pode ser que o aborto deixe de existir num mundo utópico...