sexta-feira, novembro 11, 2005

”Quero vender-me como escravo”

"Trata-se de uma peça que retrata as frustrações e o vazio que a vida moderna da fama e da ostentação traz. Quem se deixa apanhar nessas malhas chega ao desespero de achar que a vida de escravo é melhor que a vida de fama e luxúria. Mas ao encarar a realidade, percebe-se que as aparências iludem.


Preço dos bilhetes:

Normal – 2 €uros

Com Cartão M. Juventude e do Idoso – 1 €uro"